quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Após cirurgia de sucesso, zagueiro Neto tem estado estável

Neto chegando ao hospital (Foto: AFP)

Último resgatado dos destroços do acidente aéreo na Colômbia nesta terça-feira (29), o zagueiro Neto, da Chapecoense, passou por uma cirurgia bem sucedida com drenos no tórax. Segundo o GloboEsporte, não foram encontrados coágulos no cérebro do atleta, apenas um edema, e a situação do jogador é menos grave do que se imaginava a princípio. Ainda assim, ele precisará passar por cirurgias no joelho, mão, nariz e crânio, todas de reparação. 
O goleiro Jackson Follmann, 24 anos, por sua vez, precisou amputar a pena direita, do joelho para bixo. Na perna esquerda, ele passa por problemas musculares e vasculares. O lateral Alan Ruschel passou por cirurgia na coluna e tem estado considerado estável. 
O quarto brasileiro a sobreviver ao acidente foi o jornalista Rafael Henzel, que passa por instabilidade por conta de problemas no pulmão causados por fraturas nas vértebras. Ele só pode ser operado depois de estabilizar a situação. 
Os outros dois sobreviventes da tragédia são bolivianos da tripulação doa avião. Erwin Tumiri contou que escapou da morte seguindo um protocolo simples de segurança no caso de acidentes aéreos. Ele contou que ficou em posição fetal, com uma mala entre as pernas, o que amenizou o impacto que seu corpo sofreu com a queda. Também sobreviveu a comissária Ximena Suárez Otterburg. Os dois foram os que tiveram menos ferimentos. Ximena sofreu lesões pelo corpo, mas chegou estável e consciente ao hospital.

Nenhum comentário: