sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Cinco baleados são atendidos por dia em emergências no RS


Emergências de Porto Alegre recebem quase cinco baleados por dia. Mais de 1,4 mil pessoas deram entrada, entre janeiro e novembro de 2016, nas duas principais unidades de saúde da capital: Hospital Cristo Redentor e no Pronto Socorro (HPS).
De acordo com o G1, no HPS, 759 pessoas entraram com ferimentos provados por disparos de arma de fogo, sendo que 65 morreram durante atendimento, segundo levantamento feito entre os dias 1º de janeiro e 20 de novembro. Ao menos 10% dos feridos morrem durante o atendimento no hospital.
Neste ano, os órgãos de segurança do Rio Grande do Sul destruíram mais de 6,6 mil armas apreendidas. “A gente tem percebido um acesso muito grande dos criminosos a armamentos pesados, justamente potencializando essa guerra do tráfico em Porto Alegre e Região Metropolitana”, diz o chefe da Polícia Civil do estado, delegado Emerson Wendt.

Nenhum comentário: