quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

Mulher de Cabral tem habeas corpus negado


A Justiça negou habeas corpus para a ex-primeira dama Adriana Ancelmo, na última quarta-feira (7). A decisão foi do desembargador Abel Gomes, do Tribunal Regional Federal (TRF) da 2ª Região. A mulher do ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, está presa desde terça-feira (6).
Segundo o Extra, o advogado de defesa, Luiz Guilherme Vieira, declarou que a decisão do magistrado não apontou concretamente nenhum fato indicando que a liberdade de Adriana pode colocar em risco a ordem pública, a instrução criminal ou a aplicação da lei penal.
Outra alegação da defesa da advogada é que Adriana não deixou o país, não se escondeu e nem influenciou qualquer pessoa investigada, tanto que seus funcionários foram ouvidos pela Polícia Federal. A defesa pediu ainda que ela fique em prisão domiciliar, já que tem filhos de 10 e 14 anos.
A ex-primeira dama está no presídio Joaquim Ferreira, no Complexo de Gericinó,na Zona Oeste do Rio.

Noticias ao minuto

Nenhum comentário: