quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

Quatro dias após prisão de prefeita, vice renuncia em Ribeirão Preto


O vice-prefeito de Ribeirão Preto, Marinho Sampaio (PMDB), renunciou ao cargo nesta terça-feira (6), quatro dias após a prefeita Dárcy Vera (PSD) ter sido presa na segunda fase da operação Sevandija.
A renúncia foi protocolada na Câmara de Ribeirão (a 313 km de São Paulo), na tarde desta terça.
As dívidas da prefeitura e o que considera uma situação insustentável administrativamente estão entre os motivos alegados para renunciar ao mandato e criar um imbróglio jurídico na cidade.
As prisões foram resultados de processos distintos. O mandado de prisão da prefeita foi expedido pelo TJ (Tribunal de Justiça), enquanto o que levou os outros três à prisão é oriundo da Justiça local.
Além da prisão, Dárcy teve os bens bloqueados e foi afastada do cargo, em cumprimento à decisão do desembargador Marcos Correa, da 6ª Câmara de Direito Criminal do TJ. A Procuradoria-Geral de Justiça ofereceu denúncia contra ela pelos crimes de corrupção passiva, peculato e associação criminosa. 

Com informações da Folhapress.

Nenhum comentário: