quinta-feira, 11 de maio de 2017

Homem morre em protesto contra governo Maduro

Miguel, ao centro, morreu em protesto (Foto: Reprodução)

Um homem de 26 anos morreu nesta quarta-feira em um protesto contrário ao governo de Nicolás Maduro, em Caracas, na Venezuela.
Milhares de pessoas caminharam na capital rumo à sede da Suprema Corte do país, para rechaçar a iniciativa de uma Assembleia Constituinte, com a qual Maduro pretende modificar a Constituição. Forças de segurança do governo reprimiram as manifestações com bombas de gás lacrimogêneo.
O prefeito da cidade de Baruta, Gerardo Blyde, confirmou que Miguel Castillo morreu depois de sofrer uma “ferida intercostal” em uma área próxima à estrada Francisco Fajardo, que liga o leste e o oeste de Caracas. “Miguel era filho de uma funcionária administrativa do município de Baruta. Exigimos justiça verdadeira”, disse Blyde, em seu perfil no Twitter, sem dar mais detalhes.

Correio

Nenhum comentário: