sexta-feira, 14 de julho de 2017

Marido é condenado a mais de 21 anos de prisão por matar mulher diante dos filhos na BA


José Antônio Cardoso, 40 anos, foi condenado na quarta-feira (12), na comarca de Monte Santo, a 21 anos, 9 meses e 15 dias de prisão pelo assassinato da mulher, Martinha Brito da Silva, 40 anos, em maio de 2016. 
O crime aconteceu na presença dos cinco filhos do casal - quatro deles menores de idade, o mais novo com apenas 1 ano na época. José Antônio matou a companheira com três tiros na cabeça na casa da família, em Monte Santo. Depois do crime, ele fugiu. A vítima chegou a ser socorrida por vizinhos para o Hospital Monsenhor Berenguer, mas já chegou sem vida. Na época, testemunhas afirmaram que Martinha havia decidido se separar do marido, o que gerou uma briga que culminou com o crime. 
O acusado foi preso em agosto do ano passado e o julgamento aconteceu dez meses depois dessa detenção. Na decisão da Justiça, ele foi condenado por feminicídio, tendo como agravantes motivo fútil e uso de emboscada que dificultou defesa da vítima.
Este é o segundo caso de julgamento por feminicídio na Bahia. Em maio, um rodoviário foi condenado a mais de 20 anos de prisão por matar a namorada em Salvador, no primeiro julgamento pela nova tipificação no estado.

G1 Bahia

Nenhum comentário: