segunda-feira, 23 de abril de 2018

Feira de Santana: Cinco são presos com cerca de R$ 10 mil em notas falsas ; mulher foi flagrada ao tentar comprar bebida na micareta

Cerca de R$ 10 mil em notas falsas foram apreendidos pela polícia (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Cinco pessoas foram presas com cerca de R$ 10 mil em notas falsas durante a micareta de Feira de Santana,  no domingo (22). De acordo com a Polícia Civil, Daiany Maria das Neves foi descoberta após tentar comprar bebida na festa com nota falsa de R$ 100 e ser denunciada por vendedor ambulante.
Ao perceber a falsificação, o comerciante acionou uma guarnição da Polícia Militar, que conduziu Daiany até a Central de Flagrantes (CF) da Polícia Civil, que estava montada no Colégio Estadual de Feira de Santana.
Grupo foi preso em uma casa  no distrito de Berimbau, em Conceição do Jacuípe (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Após interrogatório, diligências foram realizadas e mais quatro bandidos foram presos no distrito de Berimbau, em Conceição do Jacuípe. Jorge Ângelo da Silva, Itamar Melo Silva, Macswell da Silva Pereira e Tiago Santos Silva Conrado foram flagrados com R$ 9,8 mil, em notas falsas de R$ 100. O grupo estava em uma casa, localizada no Conjunto Habitacional Nova Esperança.
De acordo com o delegado Jean Silva, titular da Delegacia Territorial (DT) de Conceição do Jacuípe, Jorge Ângelo cumpria prisão domiciliar por homicídio qualificado. Ele usava tornozeleira eletrônica e, segundo o delegado, ela estava aberta quando as equipes chegaram.
O grupo foi autuado por porte de moeda falsa e formação de quadrilha. Já Daiany vai responder por estelionato. Na ação, os policiais cumpriram um mandado de prisão preventiva contra Itamar, também por posse de dinheiro falso e pela tentativa de repassar as notas.
Dois carros, R$ 412 em espécie, e celulares também foram apreendidos. As notas falsas foram encaminhadas para perícia no Departamento de Polícia Técnica (DPT). Os cinco criminosos foram encaminhados para o Complexo de Delegacias do Sobradinho e devem passar por audiência de custódia.  As informações do G1 Bahia

Nenhum comentário: