terça-feira, 22 de maio de 2018

Após bate-papo pela internet, jovem sai do Maranhão e é estuprada no RJ

Após bate-papo pela internet, jovem sai do Maranhão e é estuprada no RJ

Uma estudante de 23 anos foi estuprada e mantida em cárcere privado por seis dias após conhecer um homem na internet. A vítima, que viajou no último dia 14 de uma cidade do interior do Maranhão para o Rio de Janeiro, teve todas as despesas pagas pelo suspeito, identificado como Mauro de Oliveira Siqueira, de 50 anos. Ele foi preso após a menina conseguir contato por meio de um celular com um parente, que prestou queixa na delegacia.
"Eles apenas conversaram por um site de relacionamento. O Mauro pagou as despesas com passagens para conhecê-la pessoalmente. Ela foi levada para a Reta Velha, na Região Metropolitana do Rio, e como não quis se relacionar com ele, passou a ser estuprada. O Mauro também a impedia de sair da casa e a mantinha em cárcere privado", disse o delegado Vilson de Alemida Silva, em entrevista ao Extra.
No momento em que o suspeito estava dormindo, a jovem aproveitou para pegar um celular e entrar em contato com um familiar, que mora na Zona Norte do Rio. Ao descobrir onde a vítima se encontrava, a polícia afirmou que iria invadir o conjunto de favelas. Traficantes da região obrigaram Mauro a se entregar. Ele foi autuado em flagrante por crimes de estupro e cárcere privado.
"É bom sempre marcar em um local público, avisar a parentes do que está ocorrendo, e preferencialmente ir ao encontro acompanhado de uma pessoa de confiança", orientou o delegado. Mauro de Oliveira Siqueira pode pegar uma pena de até 13 anos de prisão. A jovem já está na casa de um parente no Rio e deve voltar em breve para o Maranhão.  Extra

Nenhum comentário: