sexta-feira, 18 de maio de 2018

Dez são presos na Bahia em operação nacional contra a pornografia infantil


Dez pessoas foram presas em flagrante na Bahia durante a operação nacional Luz na Infância 2, que combate a pornografia infantil, deflagrada na manhã desta quinta-feira (17), em 24 estados e no Distrito Federal. Do total de flagrantes na Bahia, sete foram realizados pela Polícia Civil da Bahia (PC-BA), sendo quatro em Salvador, um na Ilha de Itaparica e dois em Camaçari, na região metropolitana. 
Os outros três foram presos pela Polícia Federal, que não informou onde foram feitos. No total, 31 mandados de busca e apreensão foram expedidos na Bahia, sendo cinco cumpridos pela Polícia Federal, em Salvador e Alagoinhas; e 26 pela PC-BA, em Salvador, Camaçari, Feira de Santana, Poções, Camacã, Ilhéus, Itagimirim e Ilha de Itaparica. A Polícia Civil ainda realizou ao menos 20 conduções de pessoas até as delegacias baianas. Essas pessoas, segundo a PC-BA, não são consideradas presas. Elas ainda prestarão depoimento. 
Os envolvidos devem responder pelo crime do artigo 241-A da Lei 8069/90 (Estatuto da Criança e do Adolescente), que prevê penas de 3 a 6 anos de reclusão e multa. O material apreendido pela Polícia Civil está sendo encaminhado para a Delegacia Especializada de Repressão a Crime contra Criança Adolescente (Dercca). A operação Luz na Infância 2 é considerada a maior ação do país de combate à pornografia infantil, e é coordenada pelo Ministério Extraordinário da Segurança Pública. As equipes procuram arquivos com conteúdos relacionados a crimes de exploração sexual contra crianças e adolescentes.  

Com informações do G1

Nenhum comentário: