terça-feira, 15 de maio de 2018

Parede de delegacia no sul da Bahia é sustentada por pedaço de madeira; unidade é interditada parcialmente

Parede da frente da delegacia de Camacan é sustentada por um pedaço de madeira (Foto: Reprodução/TV Santa Cruz)

Uma das paredes do prédio da Delegacia de Camacan, no sul da Bahia, está sendo sustentada por um pedaço de madeira porque está bastante inclinada e corre o risco de cair. Além da situação da parede da frente da unidade policial, ainda na parte externa do prédio é possível notar diversos problemas de infraestrutura, como muros com ferros à mostra e muitas rachaduras nas paredes.
No prédio, é do início da decada de 80, trabalham 12 funcionários. Com os problemas de infraestrutura, eles continuam as atividades no local e atendem ao público. Entretanto, na última sexta-feira (11), o local foi interditado parcialmente. O acesso pela frente da delegacia foi bloqueado e, além dos funcionários, quem precisa de algum serviço da delegacia deve entrar na unidade policial por uma porta lateral.
Acesso lateral da delegacia de Camacan, no sul da Bahia (Foto: Reprodução/TV Santa Cruz)

Por meio de nota, a Polícia Civil informou que devido à rachadura em uma parte da estrutura, o atendimento foi transferido para outra parte do imóvel. Disse ainda que, em parceria com a prefeitura da cidade, a polícia já está em busca de outro imóvel, onde a unidade será realocada, mas não detalhou datas para mudanças.
Na delegacia de Camacan não tem presos, mas a polícia não detalhou porque a unidade de saúde não recebe os presos. Há cerca de cinco anos, em caso de detenção na cidade, a pessoa é levada para a Delegacia de Pau Brasil, cidade a cerca de 25 km de Camacan.

Informações do G1 Bahia

Nenhum comentário: