quinta-feira, 17 de maio de 2018

Suspeito de matar sargento em Coaraci reage à prisão e morre em confronto com a polícia


Sidny Miranda dos Santos, o “Pajé”, de 22 anos, suspeito de envolvimento no assassinato do sargento da reserva, Lúcio Soares dos Santos, morreu ontem (16), num confronto com a Polícia Militar, no centro de Coaraci. O acusado ainda foi socorrido com vida para o Hospital Geral daquela cidade, mas não resistiu aos ferimentos.

“Pajé” seria integrante da quadrilha que invadiu a fazenda da vítima e a matou na última sexta-feira (11). A propriedade rural do policial fica a, aproximadamente, 10 quilômetros do centro de Coaraci. Segundo a polícia, outros três suspeitos estão sendo procurados. Um adolescente chegou a ser conduzido para a delegacia, onde, após prestar depoimento, foi liberado.

Vítima já desconfiava dos assassinos 
As investigações constataram que o sargento aposentado foi morto após flagrar os criminosos com drogas em sua fazenda. O fato foi testemunhado pelos filhos da vítima, que tentou abordar os suspeitos, pedindo que levantassem suas camisas. 
Lúcio ainda foi socorrido, mas morreu antes de chegar ao hospital de Coaraci. O policial da reserva desconfiava que o bando era responsável por vários arrombamento em fazendas de Coaraci.

Verdinho Itabuna

Nenhum comentário: