sábado, 16 de junho de 2018

Barreiras: Após achar saco com ossos, Polícia apura se bebê foi morto por mãe


Uma investigação apura a suspeita da morte de um bebê cometida pela própria mãe em Barreiras, no extremo oeste baiano. Segundo a TV Oeste, a Polícia Civil informou que na casa da suspeita foram encontrados: uma panela queimada dentre do fogão e um saco com fragmentos de ossos, que podem ser humanos, também queimados. Os detalhes foram divulgados após dois meses de investigação. Conforme o delegado José Romero, tudo começou no dia 30 de maio. Na ocasião, familiares da criança registraram um boletim de ocorrência alegando que a mãe do bebê, uma jovem de 24 anos, teria doado a criança de forma ilegal. Rodrigues disse que nenhuma adoção tinha sido comprovada. Após passar por perícia prévia, o material encontrado na casa da suspeita foi encaminhado para Salvador para uma análise mais aprofundada. Em caso de confirmação de material humano, haverá análise de DNA. Se comprovada a identidade do bebê, a jovem de 24 anos pode responder por infanticídio, crime quando a mãe mata a criança ainda na barriga ou logo após o parto, ou homicídio qualificado.  Bahia Noticias

Nenhum comentário: