quarta-feira, 27 de junho de 2018

Conquista: Religioso que matou pastora e sobrinha é preso após um ano em liberdade

Foto: Reprodução / TV Bahia

Suspeito de matar a pastora Marcilene Oliveira Sampaio e a sobrinha dela, Ana Cristina Sampaio, o pastor Edimar Brito foi preso novamente nesta segunda-feira (25). Edimar se apresentou na delegacia de Itabuna, no sul da Bahia. O crime ocorreu em janeiro de 2016. No mesmo mês, o acusado foi preso, no entanto, foi solto no dia 20 de junho de 2017 e desde então segue em liberdade. Segundo o delegado do caso, Marcus Vinícius, a Justiça em Vitória da Conquista pediu a prisão de Edimar novamente. “O mandado de prisão saiu na segunda-feira (18) porque ele foi pronunciado novamente. O juiz entendeu que o réu deve ir a júri e por isso pediu a prisão dele”, explicou o delegado. A polícia não informou sobre o que o pastor fazia em Itabuna, mas informou que ele deve ser transferido para Vitória da Conquista. Ainda não foi divulgada a data que o júri irá decidir se o acusado será condenado ou absolvido. Também não há informações se ele irá a júri popular.

Nenhum comentário: