sexta-feira, 27 de julho de 2018

Ciranda de Pedra: Investigações apontam participação de secretário de Itapetinga

Foto: Divulgação/ Polícia Federal

O atual secretário de Infraestrutura de Itapetinga, Airton Alves Ferraz, aparece como um dos participantes do esquema apurado pela operação Ciranda de Pedra, que investiga desvios de R$ 1.587.619,76 dos cofres públicos na cidade de Maiquique (veja aqui).
O nome dele consta de representação formulada pelo Ministério Público Federal (MPF) e pela Controladoria Geral da União (CGU), no âmbito da ação.
A operação desbaratou o esquema comandado pela ex-prefeita de Maiquiniqui, Maria Aparecida Lacerda Campo, conhecida como "Minininha". 
Segundo as investigações, o grupo atuava no direcionamento de licitações para empresas específicas. A fraude consistia, ainda, na falta de execução ou execução parcial dos objetos dos convênios firmados com o Ministério das Cidades; pagamento por serviços não realizados; e repasse de valores a funcionários públicos municipais ou pessoas a eles relacionadas. 
A alguns casos, acrescentava-se o seguinte modus operandi: rescisão contratual por inexecução do objeto e realização de nova licitação para contratação de outra empresa do esquema, com vistas à execução dos mesmos serviços. Algumas das empresas serviam apenas de “fachada” e eram compostas por sócios “laranjas”.
Foram cumpridos 20 mandados de busca e apreensão e 14 mandados de intimação em Vitória da Conquista, Jequié, Itamaraju, Teixeira de Freitas, Maiquinique, Macarani, Itapetinga e Mirante.

Bahia Noticias

Nenhum comentário: